Lives da Semana

09/06/2020 09:41

Tema: Práticas Antirracistas em Organizações da Sociedade Civil

Data: 10 de Junho de 2020 (quarta-feira) Hora: 16h às 18h

Mediadora: Mariana de Assis – Guardiã de Relacionamento com a Sociedade Civil Organizada do ICOM

Facilitadora: Lia Vainer Schucman

 Título

[ICOM CONVIDA] Café Social: Práticas Antirracistas em Organizações da Sociedade Civil

Briefing Convite

Que tipo de práticas antirracistas podem ser adotadas pela sociedade civil organizada? O que é branquitude e qual seu papel no combate ao racismo estrutural? Como as organizações da sociedade civil podem fazer sua parte tanto nos territórios em que atuam quanto dentro das próprias instituições? Essas e outras questões serão debatidas no Café Social: Práticas Antirracistas em Organizações da Sociedade Civil.

Estamos presenciando um momento histórico único de pandemia, crise política, econômica, protestos que ecoam por todo mundo impulsionando e escancarado o racismo estrutural. E, mais do que nunca, é nosso papel como instituição que sonha com um mundo em que possamos ser mais justos, humanos e democráticos nos corresponsabilizar com esta luta e ir além da frase passiva: “eu não sou racista”.

De maneira propositiva e de construção coletiva, sentimos a necessidade de realizar este encontro virtual com o objetivo de  estabelecer o diálogo e mudança significativa de sociedade.

Ele será mediado por Mariana de Assis, guardiã de relacionamento com a sociedade civil organizada do ICOM, e conduzido por Lia Vainer Schucman, doutora em Psicologia Social pela Universidade de São Paulo, com estágio de Doutoramento no Centro de Novos Estudos Raciais pela Universidade da Califórnia. Lia é professora do Departamento de Psicologia da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), ativista antirracista  e pesquisadora de Psicologia e Relações étnico-raciais. Ela é autora dos livros “Entre o Encardido, o Branco e o Branquíssimo: Branquitude, Hierarquia e Poder na Cidade de São Paulo” (Annablume 2014) e “Famílias Interraciais: tensões entre cor e amor” (EDUFBA, 2018).

“Branquitude, racismo estrutural e famílias interraciais”, com Juliana Kaiser e Lia Vainer Schucman.

Juliana Kaiser é professora convidada de Responsabilidade Social da UFRJ, gestora de projetos sociais especialmente focados na erradicação da pobreza. Foi curadora do Fórum Planetário de Sustentabilidade. Coordenou as ações sociais do HackCovi19, em parceria com a Fiocruz. Realizou projetos para a infância e direitos humanos para a Delegação da União Europeia no Brasil. Ativista de favelas, negra e judia.

Lia é doutora em Psicologia Social pela USP, com estágio no Centro de Estudos Raciais pela Universidade da Califórnia. Professora do Departamento de Psicologia (UFSC). Pesquisadora de Psicologia e Relações étnico-raciais. Autora dos livros “Entre o Encardido, o Brando e o Branquíssimo: Branquitude, Hierarquia e Poder na Cidade de São Paulo” e “Famílias Interraciais: tensões entre cor e amor”. Ativista antirracista e Mãe de Ariel (6) e Benjamin (3).